Novas oportunidades de emprego para mulheres na pandemia

Novas oportunidades de emprego para mulheres na pandemia

Com a pandemia do coronavírus, milhares de pessoas pelo mundo todo ficaram desempregadas. Assim, mães de família, para continuarem com o sustento da casa e dos filhos precisaram encontrar alguns modos para manter a sua rentabilidade. No entanto, com empresas indo à falência, pouco se pode esperar de um trabalho em CLT.

Em virtude disso, mais do que apenas entregar currículos, é essencial que cada mulher tenha o direito pleno de sustentar e manter a sua família. Desse modo, a atitude principal é deixar de lado a ideia de que, para trabalhar, é necessário uma contratação em regime CLT. Portanto, existem outras formas de trabalho para se tornar uma pessoa rentável e com uma boa condição financeira.

Segundo as diretoras do Driver Mulheres, (Ana Maria, Cristiane Bernardes e Larissa Colombo), “além de precisarem de emprego, as mulheres, principalmente as mães, ainda encontram uma dificuldade maior em relação aos homens, que é conciliar a carga horária de trabalho com o cuidado do lar e dos filhos”. Desse modo, um trabalho autônomo que dê flexibilidade de horas é a melhor solução.

Assim, tendo em vista a necessidade de segurança às mulheres no transporte particular e ainda com a ideia torná-las mais independentes financeiramente, o Drivers Mulheres surgiu. O aplicativo que iniciou em Curitiba, mas também já está presente na região metropolitana, oferece às passageiras oportunidade de viajar somente com motoristas mulheres e, assim, ficarem mais seguras e confortáveis dentro de um carro particular. Não só às passageiras, mas também às motoristas, a plataforma dá a vantagem de poder trabalhar em um horário flexível e somente com muita segurança

Para as sócias, “poder trabalhar no seu tempo, nos dias que quiser e nos horários que deseja é o sonho de muitas mães. Agora, com o Drivers Mulheres, ele se tornou muito mais possível”. Ainda em tempos de pandemia, com as escolas fechadas, as crianças estão em casa. Por isso, poder trabalhar em algo que te dê liberdade pode ajudar a conciliar a vida financeira com a maternidade. 

Muitas mulheres atualmente buscam a liberdade econômica. Todavia, com o mercado de trabalho cada vez mais saturado, é difícil competir com aqueles que não têm crianças pequenas para cuidar dentro de casa. Dessa forma, para poder ter uma renda que consiga manter o sustento mensal da família vai além de aguardar uma vaga fixa em CLT. “A liberdade econômica está em nossas mãos. Agora, mais do que nunca, nós mulheres podemos fazer milhares de coisas que antes nos eram proibidas. Por isso, é essencial se manter ativa e sempre em busca dos seus desejos”, anima as diretoras. Para finalizar, é bom lembrar que o aplicativo está oferecendo, neste mês de maio, a vantagem para que as motoristas possam ter 100% de lucro sob as suas corridas. Em outras palavras, para tornar mais mulheres independentes, o Drivers Mulheres não está recebendo nenhuma taxa referente às corridas. 

Serviço
Drivers Mulheres
Transporte particular de e para mulheres
Cristiane Bernardes: Diretora comercial
Ana Maria: Diretora comercial
Larissa Colombo:Diretora administrativa
Faceebook: DRIVERS MULHERES
Instagram: DRIVERS MULHERES
Telefone: 41 9 9874/ 9821
App Android Motorista: https://play.google.com/store/apps/details?id=br.com.driversmulheres.taxi.drivermachine
App Android Passageiro: https://play.google.com/store/apps/details?id=br.com.driversmulheres.passenger.drivermachine
App iOS Passageiro: https://itunes.apple.com/br/app/seu-motorista/id1317089898?l=pt&ls=1&mt=8

Capi
A autora

Capi

A Capi nasceu em 2020 no parque Barigui em uma família de capivaras, mas viu que o seu negócio mesmo não é caçar e nem procriar, é FOFOCAR. Teve sucesso muito cedo e agora, além de com  DJ oficial da RIC FM ela passa está sempre nas nossas redes sociais contando as maiores tretas dos famosos no quadro Capi Indelicada! Vem conhecer a Capi no @radioricfm no Instagram e no Facebook 😉

Deixe seu comentário

Outras notícias

Ansiedade desencadeia transtornos que podem ser passados para gerações futuras

Ansiedade desencadeia transtornos que podem ser passados para gerações futuras

Leia mais >>
Cólicas e desconforto pélvico: não é normal sentir dor durante a menstruação

Cólicas e desconforto pélvico: não é normal sentir dor durante a menstruação

Leia mais >>
Quando uma “boa intenção” pode mais atrapalhar do que ajudar o próximo

Quando uma “boa intenção” pode mais atrapalhar do que ajudar o próximo

Leia mais >>